domingo, 28 de fevereiro de 2010

Geyser em Andernach

Até agosto do ano passado, eu não tinha a mínima idéia que aqui pertinho de casa, numa cidadezinha chamada Andernach, na beira do Reno, existia o maior Geyser de Água Fria do Mundo!!!
A erupção de um Geyser de Água Fria pode ser comparada com o que acontece quando abrimos uma garrafa de água mineral com gás depois de tê-la chacoalhado. Desde que se mantenha a garrafa fechada, a pressão dentro é maior que a pressão fora. Devido a esta sobrepressão, uma grande quantidade de dióxido de carbono (CO2) se mantém na solução. Quando abrimos a garrafa, a pressão é liberada, bolhas de CO2 se formam e se expandem e o resultado é um jato d´água, fazendo uma senhora de uma molhação. 
O CO2 do Geyser de Andernach vem de uma camada de magma de uma área vulcânica relativamente jovem na região do rio Eifel (região linda, por sinal). Aliás, toda esta região onde moramos é de formação vulcânica, com muitas termas, fontes e muitas empresas produtoras de água mineral com gaseificação natural. Por isso, existem tantas cidades que começam com o nome "Bad", como Bad Godesberg, Bad Neunahr, Bad Honnef, Bad, Bad, Bad,  que oferecem muitos Spas e piscinas termais. A palavra quer dizer "banho" em alemão, mas os falantes de língua inglesa insistem em pronunciar essa palavra como o "bad" = mal/ruim do inglês, o que soa engraçado.
Como forma de incrementar o turismo em Andernach, criou-se um centro interativo e de descoberta, onde se aprende como um Geyser de água fria funciona. É super interessante para adultos e crianças. Depois que visitamos o centro, pegamos um barco rio abaixo por cinco minutos até a ilha onde fica o Geyser. Vimos o bichinho subir e descer e depois retornamos para dar um passeio na cidade, pois estava acontecendo uma Feira Medieval, evento constante por estas bandas. Depois do evento, demos uma voltinha pela cidade onde a Lara se divertiu com as fontes de água. E então, voltamos pra casa. Ótimo passeio de verão.
Se quiser saber mais sobre o Geyser, clique aqui.

3 comentários:

  1. "Bad" com pronúncia em inglês... hahaha. Até para quem não tem inglês como língua mãe, mas o aprendeu primeiro que alemão... há pronúncias atrapalhadas. Até.

    ResponderExcluir
  2. Pêtra Junghans Klein5 de julho de 2011 17:30

    Estou adorando seu blog! Já estive em Andernach e quero muito voltar lá um dia!

    ResponderExcluir

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin