quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Ó mundo tão desigual.

Ontem, ao folhear a TIME da semana, reparei que lado a lado estavam imagens bem contrastantes e me lembrei da música do Gilberto Gil e Paralamas do Sucesso, "A Novidade". Em Bonn, não percebemos desigualdades tão grandes. A linha da pobreza não chega nem perto do que é miséria e é muito próxima do que consideramos classe média baixa no Brasil. Mas não ver não quer dizer que não existe. Muitas vezes, andando no centro de Bad Godesberg, deparamos com pedintes.  E como que para reforçar sua situação já degradante, como se o seu sofrimento já não fosse o bastante,  ficam de joelhos o tempo todo. Suponho que deixar de lado seu orgulho, pedir ajuda para estranhos, porque talvez os mais próximos não querem ou não podem ajudar, e ainda se colocar em posição de humildade, ou inferioridade, é o primeiro passo para a degradação do ser humano. E ser ignorado é o segundo.

A novidade

Gilberto Gil
Bi Ribeiro
Herbert Vianna
João Barone

A novidade veio dar à praia
Na qualidade rara de sereia
Metade, o busto de uma deusa maia
Metade, um grande rabo de baleia

A novidade era o máximo
Do paradoxo estendido na areia
Alguns a desejar seus beijos de deusa
Outros a desejar seu rabo pra ceia

Ó, mundo tão desigual
Tudo é tão desigual
Ó, de um lado este carnaval
Do outro a fome total

E a novidade que seria um sonho
O milagre risonho da sereia
Virava um pesadelo tão medonho
Ali naquela praia, ali na areia

A novidade era a guerra
Entre o feliz poeta e o esfomeado
Estraçalhando uma sereia bonita
Despedaçando o sonho pra cada lado

7 comentários:

  1. Estamos em sintonia! Tb estou com uma postagem agendada sobre esse tema.
    Vou procurar no youtube uma campanha que fizeram em Dusseldorf (eu acho) sobre "ser ignorado" e te mando o link.

    bjs

    ResponderExcluir
  2. Achei!
    http://www.youtube.com/watch?v=7lbgrAEatT0

    ResponderExcluir
  3. Saudades de vocÊ!!! Beijos a todos, ainda volto a te encontrar na Alemanha!

    ResponderExcluir
  4. Rosanaaa!!
    Será muito benvinda (ou será bem-vinda?).
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Olá gostei de seu blog! Parabéns!
    Gostaria de fazer parceria???
    Visita meu blog e me dar uma resposta?
    Caso seja confirmado, colocarei seu link no meu blog ou seu banner...
    Beijinhos!

    http://amordeanabel.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Tens razão... não ver não quer dizer inexistência. Mas o que se vê na Alemanha não se compara nem de longe com o drama que se vive noutros lugares do mundo. Digo isso sem querer minimizar a situação dos pedintes da Alemanha...

    ResponderExcluir
  7. Parabéns pelo seu blog, assunto muito pouco questionado nos dias de hoje onde cada um é por si...

    ResponderExcluir

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin